Ouvidoria Marapoama: (17) 3548-8400
Segunda a sexta, das 08:00 às 17:00 horas.
Siga:   
  13 de julho de 2021

Sábado, dia 17, será o Dia D de Vacinação Contra Gripe Influenza em Marapoama


A Prefeitura de Marapoama, através da Coordenadoria Municipal de Saúde, preparou a UBS/ESF – Unidade Básica de Saúde – Estratégia de Saúde da Família, para realizar no próximo sábado, dia 17 de julho de 2021, o Dia D Vacinação Contra a Gripe Influenza.

Este ano será liberado as doses contra a Gripe Influenza para toda a população maior de seis meses de idade. No Dia D, sábado dia 17 de julho de 2021, a UBS/ESF terá atendimento das 07:00 horas às 13:00 horas para demanda espontânea de pessoas que buscarem a unidade para a imunização contra a Gripe Influenza.

A coordenadora Municipal de Saúde, Vanessa Meneguesso, alerta que a vacina da Gripe Influenza só pode ser aplicada 15 dias antes ou após a aplicação da vacina contra a Covi19. As duas vacinas não podem ser administradas juntas ou em intervalo menor que 15 dias entre uma e outra. Portanto, a orientação é para quem está prestes a se vacinar contra o Covid19 (Coronavírus) que priorize essa imunização e após 15 dias vacine-se contra a Gripe Influenza. “A vacinação Contra Gripe Influenza não substitui a vacinação contra a Covid19 e a vacinação contra a Covid19 não substitui a vacinação contra a Gripe Influenza”, alertou Vanessa, ao destacar que a importancia observar o intervalo de no mínimo 15 dias entre uma vacina e a outra, mas que é muito importante que todos tomem as duas vacinas e fiquem imunizados contra a Covid19 e contra a Gripe Influenza.

Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes e hipertensão, também podem ser imunizadas, desde que haja prescrição médica. Segundo o Ministério da Saúde, trata-se de grupos com maior risco de complicações devido à gripe, por isso a recomendação para que sejam vacinados. A meta deste ano é vacinar 90% do público-alvo, índice maior do que nos anos anteriores, quando a meta girava em torno de 80%. A mudança ocorre devido ao aumento na adesão à vacina nos últimos anos.

Top