Ouvidoria Marapoama: (17) 3548-8400
Segunda a sexta, das 08:00 às 17:00 horas.
Siga:   
  22 de outubro de 2021

Marapoama completa 29 anos de Emancipação Política e Administrativa


O município de Marapoama completa na próxima quarta-feira, dia 27 de outubro, 29 anos de Emancipação Política e Administrativa. A história do município teve início na década de 1940, quando famílias de sírios libaneses mudaram para as regiões de São José do Rio Preto, Catanduva, Olímpia, Altair, Nova Granada e Onda Verde. Vinham principalmente de Minas Gerais para tentar a sorte com o comércio. Nessa época, a Prefeitura de Itajobi, na região de Catanduva, resolveu lotear uma área devoluta, doando terras para quem lá construísse e morasse. Anos depois, quando da passagem de Bairro, para Distrito, através do Decreto Lei Estadual nº 2.569, de 13 de janeiro de 1936, pertencente ao município de Itajobi. Neste mesmo Decreto Lei, sua denominação foi alterada para Marapoama.

O Distrito teve uma época de muito crescimento no início da década de 1960, quando chegou a energia elétrica. Muitas famílias decidiram, então, mudar-se das sedes das fazendas para a área urbana. Embora situado em terras férteis, aonde cultura do café vinha sendo substituída pela citricultura, o dia-a-dia na cidade começou a incomodar seus moradores. A crescente sensação de abandono e o aumento das necessidades não atendidas da população fizeram desencadear o movimento pela emancipação do Distrito. Até que no dia 27 de outubro de 1991, houve o plebiscito, e 94% dos eleitores votaram pela emancipação. De 01 de Janeiro de 1993 teve início a primeira administração política administrativa do município.

Atualmente a cidade é administrada pelo prefeito Márcio Perpetuo Augusto (PSDB), reeleito em 15 de novembro de 2020 com 1.610 votos, 67,42% dos votos válidos.

Top