Notícias

Prefeitura passará a cobrar água por consumo e não por tarifa fixa

A Prefeitura vai alterar a partir do próximo mês de junho, em cumprimento ao determinado pelos órgãos fiscalizadores, a forma de cobrar a tarifa de água e esgoto. A medida, que entra em vigor em junho deste ano, estabelece o pagamento proporcional ao consumo em vez de uma tarifa fixa de R$ 9,12, praticada até esse mês de maio.

Para os órgãos fiscalizadores a medida é uma maneira de coibir o desperdício e de garantir melhorias no sistema de abastecimento local.

A questão da cobrança já foi alvo de uma discussão em mandatos anteriores entre o Executivo e a Câmara, mas mesmo com a Lei aprovada e publicada, a municipalidade nunca efetivou a cobrança, o que para os órgãos fiscalizadores é renuncia de receita.

Segundo o prefeito Márcio Perpetuo Augusto, além de seguir as recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP), que detectou prejuízos na cobrança por taxa fixa, a mudança tem o objetivo de cobrar o que realmente cada um gasta de água e beneficiar quem economiza. "Não é certo quem gasta muita água, pagar o mesmo que aquelas pessoas que quase nem gasta", disse o prefeito, ao justificar que a mudança visa acabar com o desperdício, garantir recursos para melhorar a infraestrutura do próprio abastecimento de água na cidade e se adequar as exigências dos órgãos fiscalizadores. "A taxa fixa não compensa os gastos com o serviço. A Prefeitura há muitos anos vem tendo prejuízo com pagamento de água. Isso é em várias prefeituras, não só Marapoama".







PREFEITURA MUNICIPAL DE MARAPOAMA Administração 2017/2020 Atendimento de segunda a sexta,
das 09:00 às 17:00 horas.
Fone: (17) 3548-8400 Email: gabinete@marapoama.sp.gov.br Rua XV de Novembro, 141 - Centro Marapoama / SP
Design e Tecnologia MAURITEC